Porque há saudade onde nenhuma canção se fez e talvez em cada loucura

Frete Grátis
Código: DeliriumS110
R$ 39,00
Comprar Estoque: Disponível
  • R$ 39,00 Boleto Bancário
  • R$ 39,00 American Express, Visa, Diners, Mastercard, Aura, Hipercard, Elo
* Este prazo de entrega está considerando a disponibilidade do produto + prazo de entrega.

Este é um livro diferente

“Escrevo bem, silêncios, no plural. Sim, porque não há um único silêncio. E todo o silêncio é música em estado de gravidez.” Mia Couto. Antes de Nascer o Mundo.

Sabe aquela letra de música que a gente não entende muito bem, mas ama? Assim é a vida, assim é Porque há saudade onde nenhuma canção se fez e talvez em cada loucura. Nesse livro diferente, a saudade sinaliza, indica e sustenta um jovem desconstruído por parte da memória, um jovem buscando no passado remexido a esperança de um reencontro a suceder. Ele parte para os lugares onde moram as boas lembranças, submete a si mesmo ao julgamento pessoal, vê a saudade explodir em mil estrelas e recorda o pai, atualmente em viagem, a tia perseguida e torturada, o avô, o qual sofria de uma terrível doença degenerativa, e Mônica, ela, a primeira namorada.

Desse mergulho na metamorfose quer sair pronto para viver acreditando na remota possibilidade de ser feliz no mundo real, aquele onde a realidade desmancha alegrias e a verdade é mostrada por seres fantasiosos, pelas histórias contadas pelos familiares e pelas inúmeras metáforas de uma mente eternamente se desviando do sentido desumano de ser vítima.

Às vezes para dizer eu te amo faz-se necessário um abraço.

Porque há saudade onde nenhuma canção se fez e talvez em cada loucura (…) é mais uma narrativa loucamente bonita e apaixonante. “Este é um livro diferente”, o autor bem que nos alerta, e não é um livro que se lê de uma vez, que se lê com olhos. É um livro para ler com a mente e interpretar com o coração. Estranho, tocante, repetitivo e singelo. Admito que tive certo medo de revisá-lo (…) mas parabenizo o autor por sua delicadeza na escolha das metáforas e na confecção dos neologismos (qualidade, aliás, muito característica dele, a qual percebo que vem aperfeiçoando com o passar dos livros). As repetições se dão na dosagem correta da “loucura” de nosso protagonista, envolvendo-nos em seu fluxo de pensamento e nos pegando desprevenidos quando, no meio de nossa rotina e sem o livro em mãos, percebemos que estamos docemente pensando em tia Tininha, ou com os olhos a marejar rememorando a arte tremida do avô, ou a nos perguntar por onde andou o pai em sua Lambretta. Acompanhamos a história com a fluidez literária que já conhecemos do autor, mas com um aperto no peito, porque, quando passamos a entender de hipopótamos e ratos, já estamos muito envolvidos para não nos emocionar. Érica M. Bettoni Hayashibara, trechos do Posfácio.

Dados técnicos

  • Título: Porque há saudade onde nenhuma canção se fez e talvez em cada loucura
  • Autor: Flavio P. Oliveira
  • ISBN: 978-65-89758-07-5
  • Revisão: Érica M. Bettoni Hayashibara
  • Formato: Médio (14×21)
  • Número de páginas: 112
  • Papel do Miolo: Pólen Soft 80 g/m²
  • Lançamento: 03/09/2021
R$ 39,00
Comprar Estoque: Disponível
Sobre a loja

Loja/livraria virtual da Delirium editora. A Delirium — voltada para a busca de histórias e textos criativos, indo do lirismo à loucura, passando pelo lúdico, sempre com ousadia — é uma microeditora carioca, que vem crescendo. Temos no nosso catálogo e no planejamento o intuito de publicar livros ousados e criativos, com temas importantes, sempre com um jeito imaginativo de criar histórias.

Pague com
  • PagSeguro V2
Selos
  • Site Seguro

Flavio Pereira de Oliveira 01095999770 - CNPJ: 22.469.301/0001-00 © Todos os direitos reservados. 2021